Aprovado projeto que amplia acesso a órteses, próteses e tecnologias assistivas

A Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Câmara dos Deputados aprovou, nesta semana, a proposta da deputada federal Mara Gabrilli (PSDB-SP) que dá mais acesso a órteses, próteses e tecnologias assistivas às crianças em idade escolar. Pelo texto, o Estatuto da Criança e do Adolescente deve dar prioridade às pessoas com deficiência nesta faixa etária.
Segundo a tucana, o Brasil tem o dever de adotar medidas para garantir que todas as crianças, inclusive aquelas que apresentem deficiências, ingressem e permaneçam nas escolas.
“Precisamos cumprir nossa Constituição que, em seu artigo 205, garante que a educação é direito de todos e dever do Estado e da família. Um dos princípios do ensino é a igualdade de condições para o acesso e permanência na escola”, disse a parlamentar nas redes sociais.
A deputada se preocupa muito com a lentidão do Sistema Único de Saúde (SUS) em fornecer cadeiras de rodas, por exemplo.

Fonte: http://www.psdb.org.br – Publicado em: 09/07/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *