Artigos

Tecnologia assistiva e sexualidade da pessoa com deficiência?

Discutir preocupações sexuais com um cliente é responsabilidade de todo profissional ao fornecer serviços de saúde voltados para toda a pessoa. Capacidade de ter uma história sexual abrangente, conhecendo as limitações pessoais e profissionais em fornecer intervenções sexuais, conhecimento de avaliações adequadas e disfunções sexuais comuns , e típicas de cada deficiência são responsabilidade do profissional de reabilitação.

Clique para acessar o artigo

 

 Competências profissionais em Tecnologia Assistiva: um campo interdisciplinar

A Tecnologia Assistiva é uma disciplina de domínio de engenheiros de reabilitação, de computação, biomédicos, elétricos, etc. ; médicos; arquitetos; desenhistas industriais; terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas, fonoaudiólogos trabalhando juntos para restaurar a função humana através do uso de ajudas técnicas. Mundialmente o terapeuta ocupacional tem sido o profissional eleito para coordenar o processo clínico interdisciplinar de avaliação das necessidades do usuário e de prescrição da ajuda técnica de forma a atender a demanda identificada . As competências profissionais na área de Tecnologia Assistiva no Brasil, estão se definindo à medida que a prática vai se consolidando.

Publicado na Revista Crefito.

Clique para acessar o artigo

 

 Como prescrever cadeira de rodas motorizadas

Com o objetivo de oferecer conhecimento técnico estrutural das cadeiras de rodas motorizadas, dando ênfase em seus recursos e regulagens, visando uma prescrição mais adequada e funcional. Este material do Curso visa apresentar aos terapeutas e outros profissionais autorizados critérios funcionais para a indicação de dispositivos de mobilidade de rodas motorizadas

Acesse a parte 1

Clique para acessar o artigo

 

Acesse a parte 2

Clique para acessar o artigo

 

 Manual para cuidador de pessoas idosas

Este manual, visa proporcionar um conjunto de conhecimentos teóricos específicos na área do
envelhecimento e auxiliar no desenvolvimento de habilidades essenciais para as práticas do cuidado ao idoso.
Objetivos específicos:
1. Conhecer informações básicas sobre o fenômeno do envelhecimento;
2. Aumentar o conhecimento, percepção, sabedoria e as aptidões no cuidado aos idosos;
3. Capacitar os cuidadores para que possam compreender as necessidades físicas, emocionais e sociais dos idosos;
4. Desenvolver conhecimentos para que possam colher dados, informações e repassa-las para a equipe multiprofissional, com clareza e segurança;
5. Reconhecer o próprio envelhecimento e repensar condutas pessoais

Clique para acessar o artigo

 

 O desenho universal e a tecnologia assistiva como potencializadores dos processos de ensino e aprendizagem. Parte II

Este artigo, baseado na revisão da literatura atual sobre Design Universal (DU) e Tecnologia Assistiva (TA), traz o Design Universal como potencializar do processo de ensino e de aprendizagem de todos os alunos, assim como a Tecnologia Assistiva como fator complementar do processo de Inclusão escolar dos alunos com limitações funcionais com o objetivo de refletir sobre a aplicação dos mesmos nos espaços da Educação Inclusiva; pontuando, sobretudo, a necessidade de uma equipe técnico-pedagógica para condução efetiva dos processos relativos à Inclusão Escolar, principalmente quando se refere à indicação de Tecnologia Assistiva. Este artigo é a continuação do artigo apresentado na edição anterior.

Publicado na Revista Reação.

Clique para acessar o artigo

 

 O desenho universal e a tecnologia assistiva como potencializadores dos processos de ensino e aprendizagem. Parte I

Este artigo, baseado na revisão da literatura atual sobre Design Universal (DU) e Tecnologia Assistiva (TA), traz o Design Universal como potencializar do processo de ensino e de aprendizagem de todos os alunos, assim como a Tecnologia Assistiva como fator complementar do processo de Inclusão escolar dos alunos com limitações funcionais com o objetivo de refletir sobre a aplicação dos mesmos nos espaços da Educação Inclusiva; pontuando, sobretudo, a necessidade de uma equipe técnico-pedagógica para condução efetiva dos processos relativos à Inclusão Escolar, principalmente quando se refere à indicação de Tecnologia Assistiva.

Publicado na Revista Reação.

Clique para acessar o artigo

 

 Parecer Técnico 01/2013 – Almofadas para Usuários de Cadeiras de Rodas

Esse documento foi elaborado com vistas ao aprimoramento do conteúdo relativo às almofadas a serem prescritas e dispensadas pelo SUS aos usuários de cadeiras de rodas , apresentado no Relatório n° 84 – Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (CONITEC).

Clique para acessar o artigo

 

 

Sistemas de Posicionamento
Dra. Maria Aparecida Ferreira de Mello

Publicado na Revista Reação
Clique para acessar o artigo

Produtos de Tecnologia Assistiva
Dra. Maria Aparecida Ferreira de Mello

Publicado na Revista Reação
Clique para acessar o artigo

Fatores causais de úlceras por pressão
Dra. Maria Aparecida Ferreira de Mello

Publicado na Revista Reação
Clique para acessar o artigo